Os 10 vilões mais malignos dos cinemas

10. Alex De Large (Laranja Mecânica)

 O impiedoso líder de uma gangue juvenil, violento, subversivo, pornográfico, Alex De Large é um jovem cheio de sentimentos negativos. A única forma de pará-lo é prendê-lo e o submeter a um experimento científico que irá livrá-lo do mal. O personagem foi interpretado por Malcolm McDowell e criado pelo escritor Anthony Burgess e transformado em um dos mais maldosos vilões do cinema pelo diretor Stanley Kubrick. Tão maldoso que nem um tratamento de choque que praticamente o transformou num moribundo foi suficiente para expulsar o mal do seu corpo. No começo dos anos 70, De Large era o protótipo da crueldade sem fim.

 9. Marquesa Isabelle de Merteuil (Ligações Perigosas)
 A atriz Glenn Close já deu vida para várias vilãs como Alex Forrest, de “Atração Fatal”, e a clássica vilã Cruela DeVil, de “Os 101 Dálmatas”. Mas, definitivamente, foi em “Ligações Perigosas”, filme dirigido por Stephen Frears, baseado no romance homônimo de Pierre Choderlos de Laclos, que Close faz da personagem Marquesa Isabelle de Merteuil uma das mais maldosas vilãs da história da sétima arte. No enredo, Merteuil faz uma maquiavélica parceria com o Visconde de Valmont, interpretado por John Malkovitch, para pôr em prática uma das mais cruéis vinganças baseadas na sedução já levadas para a telona.

8. Kevin (Sin City: A Cidade do Pecado)

 Um jovem canibal que se alimenta literalmente de prostitutas e é protegido pela cúpula local da Igreja Católica é um vilão que se sobressai entre os muitos que aparecem em “Sin City: A Cidade do Pecado”, filme dirigido por Robert Rodriguez e Frank Miller, baseado na graphic novel homônima. Interpretado por Elijah Wood, Kevin é um sociopata que mora numa fazenda junto com seu lobo de estimação, animal que compartilha com o dono o gosto pela carne humana. A forma selvagem como caça suas presas, a prática do canibalismo que o leva a comer pedaços do corpo das vítimas ainda vivas e a condescendência do cardeal que o protege compõem um cenário surreal de maldade e horror.

7. Hannibal Lecter (O Silêncio dos Inocentes)
 Ele é um daqueles casos de vilões extremamente maus por quem a audiência acaba criando uma espécie de simpatia e, em muitos momentos, até torce para o vilão. Anthony Hopkins interpretou o psiquiatra canibal Hannibal Lecter, preso e condenado à morte, mas que será fundamental para ajudar nas investigações do FBI para tentar capturar um serial killer.  Hopkins ganhou o Oscar por viver o personagem e junto seu diretor Jonathan Demme a também ganharem as estatuetas nas suas categorias. A amoralidade de Hannibal é um dos trunfos do personagem e coloca a maldade como algo muito além das discussões mais simplistas e maniqueístas.

 6. Bill (Kill Bill)
 Quem é mais maldoso: quem dá as ordens ou quem comete a maldade? Nos filmes “Kill Bill”, volumes 1 e 2, dirigidos por Quentin Tarantino, o personagem Bill assume as duas funções. Personagem que praticamente só aparece no final, ele emana a violência e a maldade que permeiam toda a narrativa. Bill, interpretado por David Carradine, lidera o mortal Esquadrão das Víboras Assassinas. Uma de suas vítimas e que se tornará sua algoz é a Noiva, que no dia do seu casamento teve o futuro marido assassinado, é surrada e baleada à queima roupa, além de ter o bebê que carregava no ventre sequestrado. Bill, um dos mais maldosos vilões do início do novo milênio, acaba sendo o alvo de uma das mais terríveis vinganças já filmadas.




5. Leatherface (O Massacre da Serra Elétrica) 
 Leatherface é uma monstruosidade inspirada em Ed Gain, um dos mais serial killers que cometia os assassinatos mais bizarros que também servir de inspiração a Norman Bates de "Pisicose" e Hannibal de "O silêncio dos inoscentes". Leatherface é a torna-se a principal atração do filme “O Massacre da Serra Elétrica”(na versão original de 1974, dirigida por Tobe Hooper e na refilmagem de Marcus Nispel em 2003). Habitante de um matadouro localizado no interior do Texas (EUA) e integrante de uma família de canibais, Leatherface usa uma máscara feita com a pele de suas vítimas e conduz sua carnificina portando um motosserra que raramente fica sem gasolina. O realismo buscado pela direção, que assume no começo da narrativa um tom de documentário, potencializou o terror causado por Leatherface.

 4. Darth Vader (Guerra nas Estrelas)
Claro que não podia ficar de fora um dos vilões mais grandiosos do cinema da saga "Star wars". Entre suas maiores matanças estão incluídas o extermínio de planetas com sua Estrela da Morte, assassinou crianças, arrancou a mão de seu filho e por pouco não matou sua amada enquanto esperava um filho dele. O ator James Earl Jones deu a voz para o terrível vilão na trilogia origianl e mostrando sua trajetória na nova trilogia, vemos o jovem Anakin Skywalker (interpretado por Jake Lloyd) se tornar no maligno Darth Vader. Nos últimos filmes criados por George Lucas( não em ordem cronológica da série, mas por ordem de produção) vimos Anakin sendo corrompido pelo lado negro da força.

 3. Coringa (O Cavaleiro das Trevas)
 O personagem já teve várias adaptações no cinema, e grande parte reveladora de sua má índole, mas geralmente com uma tendência a uma maldade amenizada pelo seu ar de palhaço. Mas isso mudou com sua aparição em “O Cavaleiro das Trevas”, versão de Batman de 2008, escrita e dirigida por Christopher Nolan. O roteiro e a interpretação do ator Heath Ledger fizeram do Coringa um dos vilões mais assustadores do cinema. Sua conduta anárquica e amoral e sua visão sombria do mundo contaminam a todos, principalmente ao herói Batman que é levado aos limites de sua sanidade e autocontrole. Caótico e insano, o Coringa surge com a tradicional maquiagem de palhaço, mas com uma face cheia de cicatrizes, coberta por uma grossa camada de pancake branco e um sorriso fixo desenhado por batom mal passado. O resultado é um Coringa assustador e ao mesmo tempo sardônico, encarnação de uma figura demoníaca que não precisa de nenhuma motivação lógica para seus crimes.

 2. Jack Torrance (O Iluminado)

 Alucinações e a influência de tragédias do passado, seja por vias psicológicas ou sobrenaturais, têm sido justificativas frequentes para o nascimento de personagens malignos no cinema. O ponto alto disso foi sem dúvida Jack Torrance, um ex-alcoólatra que vira caseiro do imenso e vazio Overlook Hotel durante a baixa estação.Torrance mergulha num processo de enlouquecimento que pode ter relação com os sangrentos assassinatos que aconteceram no hotel no passado. Dirigido por Stanley Kubrick, baseado no livro homônimo de Stephen King, o mestre literário do horror, “O Iluminado” fez de Torrance um dos vilões mais aterrorizantes de todos os tempos, graças a uma interpretação magistral e inesquecível de Jack Nicholson.


 1. Anton Chigurth (Onde os Fracos Não Têm Vez) 


 Não há nada mais aterrorizante do que o mal desconhecido. Talvez esse seja o grande trunfo que fez do personagem Anton Chigurth o mais maldoso vilão que já pintou nas telonas. Interpretado por Javier Bardem ele parece ser nada mais do que um pistoleiro de aluguel, com a violência e a falta de piedade que caracterizam normalmente esses personagens. Mas há muito mais em Chigurth. Numa terra de gente endurecida pela vida, ele é um vilão frio, que usa como arma um compressor de ar e decide o destino de quem cruza com ele jogando cara ou coroa. Chigurth é a pura encarnação do mal. Não há explicações para o que o fez assim. Ele é a expressão da crueldade da natureza humana, aparentemente imortal, uma verdadeira entidade maligna que renasce a todas as tentativas de extirpá-la do nosso mundo. Assim, é num faroeste moderno, uma obra-prima dirigida pelos irmãos Cohen, que está o vilão mais maldoso que já surgiu no cinema.

Então? Sentem falta de algum personagem?Comente!

Fonte: Mitologias, curiosidades e mistérios

11 comentários:

  1. Desinformante disse...

    Ótima matéria, seleção sensacional.
    Você conhece a bebida que deixa animais bêbados?
    Leia aqui.
    http://migre.me/a78dR

  2. Anônimo disse...

    O Bane, do Dark Knight Rises deve entrar pra lista... o cara é mal.

  3. Kerley Modesto disse...

    Quem interpretou Anakin Skywalker na saga Star Wars foi o ator Christian Haydensen e não Jake Lloyd.

  4. Anônimo disse...

    Jake Lloyd só no Episódio 1.

  5. Anônimo disse...

    Faltou o Coringa. cadÊ?

  6. Anônimo disse...

    Esse aí de cima só sabe ver as figuras. Não sabe ler.

  7. Anônimo disse...

    Eu tirava o Kevin pra por o Sauron.

  8. div ulga disse...

    Divulgue seu Blog no DivulgaBlog!

    www.divulgablog.site11.com

    O Banner do seu Blog em diversos outros Blogs.

    Cole o seu Banner no muro!

  9. Anônimo disse...

    vei e o jigsaw?

  10. Anônimo disse...

    Seus posts estão melhorando.

  11. Anônimo disse...

    Podia ter o jason e o fred krueger(não sei escrever)

2leep