Jack, o estripador na verdade era uma mulher!

 No Livro Jack the Ripper: The Hand of a Woman (Jack, o Estripador: a Mão de uma Mulher), o historiador John Morris escreveu baseado em uma tese polêmica: Jack, o estripador era, na verdade, uma mulher. Na obra, ele diz que Lizzie Williams foi a autora dos sanguinários assassinatos cometidos em 1888 no distrito inglês de Whitechapel com ajuda do seu marido, o médico Sir John Williams. Ela matava e arrancava o útero das vítimas por não poder engravidar. O autor defende a teoria com base na forma em que os objetos de uma das vítimas foram deixados de "maneira feminina" na cena do crime.Morris também dá ênfase a outros indícios: botões de um sapato feminino na cena de um dos crimes e resquícios de uma capa, uma saia e um chapéu femininos nas cinzas de uma das vítimas - que não vestia nenhuma dessas peças. As pesquisas foram feitas por Morris e seu pai em diversos registros médicos e policiais da época.  Ao todo, cinco mulheres foram assassinadas - todas eram prostitutas na região de East End, em Londres. Mary Ann Nichols, Annie Chapman, Elizabeth Stride, Catherine Eddowes e Mary Jane Kelly foram mortas em um período de dez semanas e todas tiveram o útero arrancado - para Morris, um índicio crucial e sempre ignorado na elucidação dos crimes.




Fonte: Yahoo notícias
Dica da leitora Juliana Costa

9 comentários:

  1. Pensador Louco disse...

    Acho que essa foi uma das mais originais teorias (possíveis, não conto entre elas as que dizem que Jack era um demônio ou alienígena) que já ouvi.

    Depois de "From Hell" (não o filme), ficou difícil imaginar outra solução, uma vez que a proposta lá parece tão plausível, mas esta tem talvez a mesma quantidade de méritos.

    Grande postagem, obrigado por compartilhar. 8)

  2. Sr Estranho disse...

    Só uma ressalva, Whitechapel (com só um "p") não é uma cidade, mas sim um distrito que pertence ao borough de Tower Hamlets, em Londres. Apesar de achar a teoria interessante, creio que não é verdade. Também postei sobre o mesmo assunto em meu blog.

  3. Anônimo disse...

    Não acredito, este tipo de violência (cortar e extirpar) é característica masculina. Mas cada um inventa a teoria que quiser, dificilmente alguma será comprovada.

  4. Carol disse...

    Entao Kuroshitsuji está certo kkkkk.

  5. Poderia ser homem tambem mas,um homem que teria inveja das mulheres um GAY,vai ver ele tinha inveja por não ter nascido mulher, e sei todos vão se perguntar porque so prostitutas, vai ver ele achava nojento e tambem achava que elas não se valorizavam ao se prostituir!!

  6. Erlick Badu disse...

    Boa, Eidrian. Pode ser mesmo.

  7. Anônimo disse...

    Pra que tantas especulações se nunca saberemos a verdade! Aliás, ele/ela já morreu!

    - João Vitor

  8. Anônimo disse...

    Essa tese já foi deletada dos arquivos. Em agosto de 2014 o jornal Britânico divulgou o assassino. A informação aqui no brasil chegou no inicio de Setembro.

  9. Ana Carolina disse...

    Ashuashuashua né :v

2leep